segunda-feira, novembro 22, 2010

Doce Tia

Tive uma tia que fazia um bolo maravilhoso. Já não o como há anos e há escassos minutos "senti" o seu sabor na boca. De vez em quando acontece sentir o sabor de coisas que gosto e das quais tenho saudades de comer.
Essa tia adorava tudo quanto era doce, e de adoçar tudo o que fazia.
Era a tia que nos deixava comer doces, beber café com muitas colheres de acuçar e outras coisas proibidas em casa.
Ela não teve filhos e os sobrinhos herdaram o seu amor. Nunca a esquecerei, e este Natal vou fazer o seu bolo.

.

2 Comentários

Luisinha disse...

Ás vezes sentimos em jeito de lembrança um sabor, um cheiro... dizem que esse tipo de memórias são as que ficam sempre...
Bjinhos

Olhos Dourados disse...

:)

 

Pesquisar neste blogue

Na Primeira Pessoa